Os fotossistemas

21/04/2010 10:28

 Os fotossistemas


No cloroplasto, a clorofila e as outras moléculas de pigmentos estão embebidas nos tilacóides em unidades discretas de organização chamadas fotossistemas. Cada fotossistema contém um conjunto de cerca de 250 a 400 moléculas de pigmentos e consiste em dois componentes intimamente ligados: um centro de reação formado por um complexo proteína-pigmento e um complexo protéico antena. Dentro dos fotossistemas, as moléculas de clorofila estão ligadas a proteínas específicas e situadas em locais que permitem uma captação eficiente da energia luminosa.

Todos os pigmentos dentro dos fotossistemas são capazes de absorver fótons, mas apenas um par de moléculas de clorofila em cada fotossistema realmente utiliza esta energia nas reações fotoquímicas. Este par especial de moléculas de clorofila está situado no âmago do centro de reação do fotossistema. As outras moléculas de pigmento, denominadas pigmentos antena, por atuarem como uma rede de antenas para a captação de luz, estão localizadas num complexo de proteínas antena. Além das clorofilas, uma quantidade variável de carotenóides também localiza-se em cada complexo antena.

A energia absorvida por qualquer molécula da rede é transferida de uma molécula para a seguinte até alcançar o centro de reação, com seus pares especiais de moléculas de clorofila. Quando ambas as moléculas de clorofila absorvem a energia, um de seus elétrons é disparado para um nível mais elevado de energia e transferido para uma molécula aceptora que inicia o fluxo de elétrons. A molécula de clorofila torna-se portanto oxidada e positivamente carregada.

De acordo com evidências atuais, existem dois tipo de fotossistemas. No Fotossistema 1, as moléculas de clorofila dos centros de reação são uma forma de clorofila a conhecida como P700. A letra P deriva da palavra pigmento e o subscrito 700 designa o pico ótimo de absorção em nanômetros, o que diz respeito ao comprimento de onda da luz. O centro de reação do fotossistema 2 também contém uma forma especial de clorofila a. Seu pico máximo de absorção encontra-se em 680 nanômetros, sendo portanto denominado P700. Grande parte do nosso conhecimento sobre a estrutura do Fotossistema 2 em planta provém de estudos de complexos similares em bactérias fotossintetizantes. Especialmente notáveis são os estudos de Johann Deisenhofer, Robert Huber e Hartmut Michel, que determinaram com precisão a estrutura química do centro de reação da bactérias púrpura Rhodopsudomonas viridis através da criptografia em raio X, fornecendo-nos uma primeira visão de como as moléculas de pigmentos se organizam para capturar a energia luminosa. Deisenhofer, Huber e Michel foram agraciados com o prêmio Nobel de química de 1988 pelo seu trabalho.

Em geral, os Fotossistemas 1 e 2 trabalham de forma simultânea e contínua. Conforme veremos, entretanto, o Fotossistema 1 pode funcionar independentemente. 

Fonte: Cláudio Cardoso - Fisiologia Vegetal

 

Comente: Os fotossistemas

fotossistema

rita | 14/07/2015

seraq nao podia especificar um pouco mais ou resumir?

Fotossistema

Simione A.chicanda | 23/08/2013

Existem dois tipos de fotossistemas que são:fotossistema ¡ e ¡¡.Fotossitema ¡ É absorvida clorofila a a 700nanomeros de compremento de onda.E fotossistema ¡¡ absorve-se os restantes clorofilas a 680nanometro de compremento.

Gostei

Leitor | 13/11/2012

Gostei do post pois ele se encontra de uma forma resumida e de fácil entendimento podendo ser utilizado principalmente por quem fará o PAS

Olá

Leitor | 13/11/2012

gostaria de informar ao primeiro comentarista ao qual se nomeia como play3 que mais especificados existem 2 distintos fotossistemas sendo o 1° capaz de absorver 700 nanômetros e o segundo apenas 680 nanômetros podendo se arrendondar pra menos 50 pois para o acrêscimo de 1 nanômetro a mais do que é suportado ele é capaz de exorbescer sua capacidade lhe causando uma destruição quase que instantânea

Gafe detectada

Patrícia Jorge | 18/06/2012

"Seu pico máximo de absorção encontra-se em 680 nanômetros, sendo portanto denominado P700."

Onde se lê "P700", deveria-se ler "P680".

gostei

horacio paulino | 24/08/2011

boa informacao, mas veja se muda alguma coisa em fotossistema II, no pigmento....

ciencias

fotassi | 14/04/2011

fotossistema

fotossistemas

play 3 | 08/12/2010

eles simplismente surgem nas celulas atraves da membrana posterir interligada a inferior
convenhamos dizer simplismentes que ela esta divugadamente vigorosa a seus parentescos (como a banana e o salmao) sao dois alimentos que presisam da fotossintese e tambem dos fotosistemas !!!
fale como julgar conveniente e claramente e objetivamente ao subsequente homem cientista mais inteligentemente INTELIGENTE

Novo comentário